GD_Solar

Mais barata e eficiente, a geração solar distribuída entra de vez nos planos de grandes e pequenos empresários.

Os custos de energia elétrica representam uma das despesas mensais mais altas da maioria das empresas. Isso aliado à cobrança da sociedade pela preservação ambiental e sustentabilidade, tem levado muitos empresários a optar pela sua própria geração de energia. Assim, a geração solar distribuída é uma fonte de energia que vem alcançando cada vez mais usuários dentro do ramo industrial.

Veja 5 Motivos para você se decidir de vez pela energia solar:

1. Preservação do Meio Ambiente:

Por ser livre de emissão de carbono, a geração de energia solar oferece impactos mínimos sobre o meio ambiente. A fabricação das placas fotovoltaicas, que poderia ser a vilã por conter silício em sua produção, também já tem a perda deste componente controlado devido aos avanços tecnológicos nesta área.

O fato de não necessitar da construção de algum tipo de reservatório, também reduz o impacto ambiental, principalmente, se comparado à construção de hidrelétricas.

A produção desta energia é descentralizada e pode ser compartilhada, ou seja, ela pode ser gerada em vários pontos e ser distribuída pela rede de distribuição de energia elétrica local.

2. Autossuficiência energética:

A produção de uma empresa não pode ficar a mercê de quedas de energia. A geração solar distribuída pode ser a garantia contra a perda de produtividade por conta de falhas no fornecimento de energia elétrica.

Uma nova categoria de consumidores de energia está surgindo, os chamados “prosumer”, ou seja, aqueles que produzem e consomem a sua própria energia gerada.

A legislação vigente permite que a empresa conecte a sua energia gerada à rede de distribuição. Com isso, o excedente é compartilhado. E, quando há necessidade, também é possível utilizar a energia elétrica convencional disponível por meio da rede de distribuição local.

3. Investimento mais barato:

O aumento da procura pela geração solar tem provocado o aumento da competitividade no desenvolvimento de tecnologias para produção desse tipo de energia renovável. A capacidade de produção de energia renovável global teve uma elevação recorde em 2016, a custos bem mais baixos que os praticados anteriormente.

A previsão, segundo pesquisas, é de que até o ano de 2022 a queda nos preços globais seja de 27%, equivalendo a uma média de 4,4% de queda por ano. Essa queda deverá atingir também os valores das partes que compõe o sistema fotovoltaico, beneficiando ainda mais a instalação deste sistema em indústrias.

4. Linhas de financiamento:

Além de tecnologias e equipamentos mais baratos, existem muitas linhas de financiamento disponíveis para quem quer instalar um sistema próprio para geração de energia solar.

Foram criadas linhas de crédito especialmente voltadas para incentivar a geração e distribuição de energia renovável. Esse incentivo está disponível tanto para empresas, quanto para imóveis residenciais que desejem produzir sua própria energia.

5. Fuga das altas tarifas de energia elétrica:

O sistema de bandeiras tarifárias tem impactado muito os custos com energia elétrica. A dependência de chuvas, níveis de reservatórios e utilização de usinas térmicas, por sua vez, alteram significativamente o preço da energia.

Em contrapartida, os incentivos à geração de energia renovável têm favorecido a instalação de sistemas próprios. Um exemplo disto é que no Brasil a isenção de ICMS já é uma realidade em todos os estados do país mais o Distrito Federal.

Se você ainda tem algum questionamento quanto às linhas de financiamentos para projetos de geração de energia solar, consulte a Atla Consultoria, e descubra como podemos ajudar você a tirar seus projetos de energia do papel.


Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /var/www/54.208.63.33/htdocs/wp-includes/functions.php on line 3766