eficiencia-energetica-industria

A eficiência energética pode aumentar a competitividade, tornando o uso dos recursos mais eficiente e, ao mesmo tempo, reduzindo custos na conta de energia elétrica.

Somos muito dependentes de energia e espera-se que, pelo menos no curto prazo, o custo de produção no Brasil cresça. No entanto, independente da estação, a discussão sobre redução de custos com a energia elétrica está cada vez mais frequente. Colocando em prática algumas ações, é possível economizar energia sem prejudicar suas atividades e ainda será possível usar o montante economizado para melhorias no seu negócio.

Mas, afinal, o que é Eficiência Energética?

O termo Eficiência Energética está relacionado a forma como desempenhamos uma atividade ou serviço utilizando a menor quantidade de energia elétrica possível. Ou seja, é fazer mais com menos.

Algumas confusões de conceitos devem ser desfeitos, um exemplo disto é confundir Conservação de Energia com Eficiência Energética, embora o resultado final pareça o mesmo (redução na conta), ao desligar a luz, tomar banho frio ou tirar a TV da tomada, na verdade você está poupando (conservando) energia e não sendo eficiente ao usá-la. Isto é, uma lâmpada apagada não é mais eficiente que uma acesa. O objetivo da eficiência energética é proporcionar melhorias contínuas no consumo de energia.

Oportunidade de desenvolvimento sustentável

De acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a eficiência energética aplicada às indústrias pode reduzir em até 25% o consumo. O que corresponde a 40% do consumo total de energia do país. Assim, em 20 anos, a diminuição de poluentes seria na faixa de 200 milhões de toneladas de carbono.

A forte concorrência no mercado, a busca por menores custos e por maior retorno financeiro e a importância da reputação da marca entre os consumidores têm feito com que muitas empresas adotem novas medidas em relação ao consumo de energia.

Ou seja, a eficiência energética pode aumentar a competitividade, tornando o uso dos recursos mais eficiente e, ao mesmo tempo, reduzindo custos na conta de energia elétrica.

Iniciativas para atestar que a empresa se preocupa com o meio ambiente e, além disso, ter boa reputação, são os chamados selos verdes. Além de torná-la bem vista para os consumidores e o mercado, bancos como Itaú, BNDES, BNB e Sudene oferecem linhas de crédito especiais para empresas certificadas.

Iluminação inteligente

A instalação de lâmpadas de LED no ambiente de produção gera maior economia e conforto. Isso porque as lâmpadas convencionais entregam apenas 10% da energia consumida para iluminar o ambiente. O resto se perde na forma de calor. Lâmpadas inteligentes têm um consumo 50 a 80% menor que as incandescentes e vida útil mais longa.

Gestos simples também são necessários

A conquista da sustentabilidade para o seu negócio, aliada à tão sonhada competitividade, pode depender também de medidas simples que reduzem gastos e protegem o meio ambiente.

Conscientizar os funcionários sobre a importância de desligarem as luzes ao sair e instalar sensores de presença nos ambientes também são formas de economizar energia, principalmente em áreas que não são muito utilizadas. Vale a pena fazer um diagnóstico neste sentido. Certamente serão mapeadas várias oportunidades de melhorias.

Outras iniciativas, como desenvolver projetos relacionados à Eficiência Energética e contar com as melhores linhas de financiamento para tirá-los do papel, também são fundamentais.

E nessa hora nada como contar com uma consultoria especializada em captação de recursos para projetos sustentáveis. Assim, certamente, os resultados virão mais rapidamente.

A Atla é especializada na orientação e viabilização de financiamento para projetos voltados à eficiência energética. Tem a expertise necessária para atender as exigências dos programas de incentivo e para a tomada de decisão que mais se adequa ao perfil do seu negócio.

Nos consulte hoje mesmo e conheça soluções e alternativas financeiras para projetos de energias renováveis, eficiência energética e cogeração de energia!


Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /var/www/54.208.63.33/htdocs/wp-includes/functions.php on line 3766