energia solar fotovoltaica

Para o País continuar avançando em programas consistentes relacionados à energia solar fotovoltaica, é necessário vencer alguns entraves que ainda prejudicam o desenvolvimento a implementação de projetos neste sentido.

Uma forma de acelerar a realização deles é contar com os financiamentos e fundos de crédito. O FCO é um fundo que vem a atender esta demanda na região centro-oeste do País. Hoje vamos ver mais detalhes sobre este fundo.

O que vem a ser FCO?

Criado pela Constituição Federal, Lei no. 7.827, de 27/09/1989, o FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste), através de programas de financiamentos destinados aos setores produtivos, contribui com o desenvolvimento sócio econômico da região. O objetivo é aplicar de maneira eficaz os recursos a fim de aumentar a produtividade dos setores envolvidos, gerar novos empregos, aumentar a arrecadação tributária, além de contribuir para a distribuição de renda.

Podem se beneficiar do FCO, produtores rurais, pessoas jurídicas, cooperativas dos setores agropecuário, mineral, agroindustrial, infraestrutura, comercial e serviços, que pretendem desenvolver seus negócios na região compreendida pelo Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Projeto de Energia solar fotovoltaica também pode ser beneficiado pelo FCO

Entre os projetos que podem obter benefícios através do FCO, estão incluídos os que envolvem a energia solar fotovoltaica desde que desenvolvidos nesta região do país, seja nas indústrias ou na área rural, representando mais um incentivo a produção de energia sustentável e renovável.

Projetos viabilizados pelo FCO

Através do FCO podem ser financiados equipamentos e serviços destinados a implantação, ampliação, reforma ou modernização de indústrias, agroindústrias, tecnologia, inovação, bem como projetos de investimento para aquisição de matéria prima e insumos.

Condições de Financiamento do FCO Empresarial

  • Taxas de juros reduzidas;
  • Prazos longos para pagamento (dependendo da linha de crédito utilizada);
  • Carência e bônus de adimplência de 15% nos juros para pagamentos realizados antes do vencimento.

Essas são algumas das condições diferenciadas abrangidas pelo FCO.

Taxas do FCO Empresarial 2017

  • Investimento + capital de giro associado

Pequeno e médio porte: encargos financeiros de 9,50 – com bônus 8,08

Grande porte: encargos financeiros de 11,26 – com bônus 9,57

  • Capital de Giro e Comercialização

Pequeno e médio porte: encargos financeiros de 14,54 – com bônus 12,36

Grande porte: encargos financeiros de 16,90 – com bônus 14,37

  • Projetos de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Pequeno e médio porte: encargos financeiros de 8,50 – com bônus 7,23

Grande porte: encargos financeiros de 10,09 – com bônus 8,58

Capturar

O valor do teto para financiamento é de R$ 20 milhões por tomador, seja para grupos empresariais, agropecuários ou cooperativas e associações. Podendo chegar a R$ 200 milhões no caso de projetos de grande relevância.

A linha de financiamento e o valor a ser financiado é que determinarão os prazos. O prazo máximo é de 20 anos, podendo ter uma carência de 5 anos. Sem dúvida, uma ótima opção para tirar seu projeto de energia da gaveta.

O FCO não difere de outros financiamentos na questão da garantia, exigindo 130% do valor a ser financiado. Porém, caso essa taxa não seja viável, não será impedimento para obtenção do FCO. O fundo de aval (FAMPE) pode ser utilizado nestes casos como uma garantia complementar. Os bens financiados também podem ser considerados como garantia complementar.

Se você está buscando parceiros e investidores para a viabilização de seu projeto de energia fotovoltaica, a Atla pode te atender por meio de consultoria e orientação especializadas em financiamentos voltadas para projetos de energia.

AT_CTA_Rodape_eBook04_EEGM


Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/prsab8yx/public_html/atlaconsultoria.com/wp-includes/functions.php on line 3753