Energia Solar

A Intersolar South America será realizada entre os dias 23 e 25 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo. Este é o quinto evento da Intersolar, a principal série de exposições do mundo do setor de energia solar. E a Atla Consultoria não poderia estar fora dessa!

O evento é uma excelente oportunidade para todos os profissionais do setor solar estabelecerem contatos e coleta de informações sobre os mais recentes desenvolvimentos de mercado, métodos de produção eficientes, financiamento e planejamento de projetos. A Atla Consultoria vai acompanhar de perto as principais novidades do setor e divulgar seus serviços.

Tanto a exposição, quanto a conferência, oferecem uma percepção aprofundada dos tópicos centrais de energia fotovoltaica, tecnologias de produção FV, armazenamento de energia e tecnologias solares térmicas. Em 2015, um total de 115 expositores e mais de 9.000 visitantes do setor compareceram à Intersolar South America. No congresso paralelo, 91 palestrantes e mais de 810 conferencistas discutiram temas atuais do setor e esclareceram as condições dos contextos tecnológico, comercial e político.

Ponto de encontro de todos os envolvidos na  indústria solar

Desde que foi fundada, a Intersolar tornou-se a plataforma da indústria mais importante para os fabricantes, fornecedores, distribuidores, prestadores de serviços e parceiros da indústria solar. Com eventos nos quatro continentes, a Intersolar é hoje uma feira líder global para a indústria de energia solar e seus parceiros. O objetivo dos eventos é aumentar a percentagem deste tipo de energia no total do  abastecimento, reunindo empresas, tecnologias e, sobretudo, profissionais dos mercados mais importantes do mundo.

Com 25 anos de experiência, a Intersolar abre mercados, transmite conhecimentos e cria relacionamentos entre pessoas e entidades com os mesmos objetivos e crenças. Para a Intersolar, 2016 é um ano para comemorar os objetivos alcançados e decidir novas metas no projeto de aumentar a parcela solar no fornecimento global de energia.

Segundo o Guia Estratégico Fotovoltaico da América Latina, publicado pela GTM Research, a lista de projetos anunciados continuará crescendo, mas 2016 será o ano em que será testada a capacidade da região para executar projetos, especialmente no Brasil. No México – outro líder no continente –. a demanda diminuirá em 2016.  Isso acontece devido ao cunho desregulatório da nova legislação energética, que, a curto prazo, cria uma enorme incerteza para o setor solar, mesmo tendo como objetivo criar os fundamentos de um ambiente de mercado mais viável para os próximos anos.

Como anda o mercado brasileiro de energia solar?

O ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, adiou um leilão de reserva agendado para 29 de julho. A expectativa é que se negociem mais de 9 GW em projetos FV, representando 90% da capacidade inscrita no leilão. Isto impacta o mercado brasileiro de energia solar. Segundo Florian Wessendorf, diretor geral da Solar Promotion International, o Brasil está atualmente tentando reorganizar e diversificar seus leilões solares.

“O ministro enfatizou que o segmento FV solar é crítico para a matriz energética brasileira e que se deve buscar novas maneiras de estimular o setor de modo que a implementação solar não dependa unicamente dos leilões. Obviamente, isso significa que, mesmo com os leilões continuando, o ministro também buscará novas maneiras de aumentar a capacidade solar”, disse Wessendorf .

Já o adiamento do leilão terá influência no congresso, na medida em que será um choque de realidade para o mercado solar brasileiro. “Isso significa que discutiremos como se desenvolvem os diversos segmentos do mercado, quais seriam as deficiências e os obstáculos e quais são as novas opções para alavancar a energia solar”, explicou Monica Carpenter, diretora executiva da Aranda Eventos no Brazil.

Financiamento ainda é um desafio do setor solar

O financiamento e os impostos ainda são os principais desafios para o setor solar no Brasil. Então, onde poderia estar a solução num futuro não muito distante? Ainda de acordo com Wessendorf, o ministro Coelho Filho recentemente declarou que seu ministério vem considerando uma política energética com paridade fiscal, adicionando incentivos para produzir equipamento nacionalmente. “O impacto das duas iniciativas fortalecerá o setor solar brasileiro.”

Para a diretor da Atla Consultoria, Alvaro Silveira, as oportunidades no mercado de geração distribuída são enormes, considerando-se o diferencial de tarifas de energias existentes entre os Estados da Federação – e respectivas concessionárias atuantes em cada Estado -, e pelo tipo e uso do cliente final. “Os prazos de retorno financeiro dos projetos variam significativamente e, em muitos casos, possibilitam a sua imediata implantação. Obter a assessoria financeira adequada será um diferencial neste mercado. Quem deixar para entrar neste mercado em um futuro distante poderá perder uma fatia significativa de bons resultados e reconhecimento de marca.”

A Atla Consultoria estará presente com estande, na Rua F, número 42, da Intersolar South América São Paulo, representando as soluções financeiras do Grupo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o mercado solar. Haverá, ainda, a presença de especialistas da matriz da organização em Washington, para contato direto com empresas do setor. Visite o estande da Atla e, se preferir, agende seu horário.

Acesso o site da Atla Consultoria e conheça também a mais nova opção de financiamento para geração distribuída.

 

AT_CTA_Rodape_eBook04_EEGM


Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/prsab8yx/public_html/atlaconsultoria.com/wp-includes/functions.php on line 3753